cat-right

TIIFAMO (2008-2017)

 

TIIFAMO (2008-2017)

 

Objectivo  general

O principal objectivo da Rede TIIFAMO é o de consolidar e aumentar o tamanho e a qualidade da investigação em famílias monoparentais e a divulgação dos seus resultados científicos e sociais, com o objectivo de estimular a criação de mais e melhor conhecimento científico, através da consolidação de uma rede de grupos e indivíduos investigadores em famílias monoparentais.

 

Objectivos especificos

  • Reforçar as interações dos diferentes sectores -especialmente universidades, organizações da sociedade civil, empresas e administrações públicas-, que fazem parte da área de atuação das famílias monoparentais, impulsando a articulação e a consolidação da pesquisa e da transferência de conhecimento em toda a organização, e a participação em atividades e espaços de troca, que geram, transferem e aplicam novos conhecimentos e melhorem a qualidade e a quantidade destas investigações.
  • Revisão e troca investigações já concluídas ou em desenvolvimento entorno das famílias monoparentais, a partir de um conjunto de acções, tais como reuniões, seminários e publicações, promovendo a utilização das novas tecnologias da informação e da comunicação.
  • Construir um banco de dados e bibliográfica sobre as famílias monoparentais, em benefício das pessoas que desenvolvem pesquisas nesta área, e também para a sociedade em geral.
  • Desenvolver, promover e participar em atividades de formação curriculares e extracurriculares de pós-graduação e de extensão universitária em famílias monoparentais.
  • Implementar acções e programas de divulgaçao ciêntifica e social.
  • Fazer partícipe a sociedade, nomeadamente as famílias monoparentais, dos avanços científicos e tecnológicos para permitir e/ou facilitar a resolução de conflitos sociais, a satisfação dos direitos e à assunção dos deberes.

Confiamos que o estabelecimento da Rede TIIFAMO irá produzir uma série de contribuições científicas de grande significado para as famílias monoparentais:

  • Constatar a realidade social, económica e jurídica das famílias monoparentais, tendo em mente que esta é também uma realidade ainda pouco conhecida socialmente.
  • Gerar conhecimento científico útil para contribuir no conhecimento e propor novas estratégias de sobrevivência e bem-estar das famílias monoparentais, bem como os diferentes significados da monoparentalidade.
  • Melhorar o sistema de estatísticas e indicadores disponíveis sobre famílias monoparentais a partir de uma perspectiva comparativa.
  • Mostrar o impacto da situação precária em que vivem muitas famílias monoparentais seu estatuto de cidadania.
  • Dispor da informação adequada para as propostas de políticas públicas no seio da família.
  • Promover uma maior consciência social no que respeita à suas circunstâncias vitais, e, consequentemente, uma maior atenção por parte das instituições públicas, quando se trata de implementar medidas de suporte para evitar ou atenuar a exclusão social que muitas vezes envolve a monoparentalidade.

A Rede TIIFAMO é proposto como um espaço de setores e instituições (universidades, sociedade civil, setor privado e governo) de grupos de pesquisa e pesquisadores individuais e pesquisadores de diferentes disciplinas e conhecimento social sobre as famílias monoparentais.

De acordo com as disposições da Carta da Organização e Funcionamento da TIIFAMO, aprovado 2011/10/27, em Barcelona, e da Rede é gerido por uma Coordenação Geral, um Conselho de Administração e uma reunião plenária dos membros individuais e coletivos.

COORDENAÇÃO

Atualmente, e desde 25 de outubro de 2012, é coordenado pelo Dino Di Nella, Estudos grupo de direitos e Inclusão Social, designado para o Universidade Nacional de Rio Negro (Argentina).